5381174e6b7354d3
Botao loja

Notícias do Mercado

Zootecnista explica as vantagens na produção de silagem de milho de grão reidratado.

Por Zootecnista Ramon Lopes Salvatte | 18/06
Show dcc7b477d927773d

Silagem de Milho reidratado

O grão de milho tem uma participação expressiva na produção da pecuária de leite no Brasil, sendo o principal cereal utilizado para compor a parte energética das dietas. Sendo assim a participação no custo do insumo na dieta é bem elevado. Sendo assim, faz-se necessário a utilização de forma eficiente. Entretanto o milho disponível no Brasil apresenta um endosperma vítreo, o que dificulta o aproveitamento do amido pelo animal. A forma mais convencional de melhorar a disponibilidade do amido é a moagem, que apesar de muito comum, ainda está a quem do ideal, visto que, ainda processamos o milho de forma grosseira.

A silagem de grão reidratado é uma tecnologia de fácil implantação, que se adequa a qualquer escala de produção e propõem soluções interessantes para a pecuária de leite do Brasil. A técnica consiste basicamente em moer o milho seco, reidratar e conservar em forma de silagem.

Primeiro passo é dimensionar o silo conforme for à necessidade de uso da fazenda. O manejo do silo de milho reidratado é exatamente igual a silagem de milho planta inteira, deve-se retirar pelo menos 15 cm diariamente, para evitar perdas por deterioração aeróbica. Partindo dessa premissa, vamos considerar um silo de 1 metro de largura, por 1 metro de altura, 0,15 metros de fatia diária retirada e densidade de 900 kg/m3: Silagem de grão reidratado diária = (1 x 1 x 0,15) x 900 = 135 Kg. Deve-se adequar o tamanho do silo para atender a regra de 15 cm de retirada. Para se calcular o comprimento do silo, devemos considerar o número de dias de utilização. Para exemplificar vou utilizar 60 dias de uso. Então temos: comprimento = 0,15 cm x 60 dias = 9 metros, que é igual a 9 m3. Para calcular a capacidade de estocagem = 9 m3 x 900 kg/m3 = 8100 kg de milho. Ter vários silos pode facilitar o manejo na fazenda. Se a quantidade de utilização for pequena pode-se fazer em tambores de 200 litros.

Segundo passo é moer o milho seco, utilizando um moinho. Importante ficar atento à escolha da peneira. Deve-se ter em mente que quanto mais fino moer, mais disponível ficará o amido. Quanto mais tempo ficar ensilado, mais disponível ficará o amido. Peneiras de 2 a 6 mm são as mais utilizadas. Sendo as peneiras com as furações maiores a preferência dos praticantes, devido ao rendimento de processamento, porém dificulta a incorporação de água no milho moído.

O terceiro passo é reidratar o milho. O milho que será ensilado tem, no ponto de armazenagem, 12% de umidade e deverá atingir de 35 a 40% de umidade, quando ensilado. É possível fazer uma adaptação na saída do moído para que a hidratação do milho seja simultânea a moagem do milho, colocando um cano furado ou aspersores. Deve-se calcular a vazão de milho moído para que assim regule a vazão de água na mesma proporção. Por exemplo, o tempo necessário para moer 100 kg de milho, foi de 2 minutos, sendo assim é necessário regular a vazão de água para 35 a 40 litros em 2 minutos. A tecnologia foi tão bem aceita, que já se encontra maquinas próprias para confecção de silagem de milho reidratado, com hidrômetro e bomba d’água.

O uso de inoculantes é importante para auxiliar no processo fermentativo, reduzindo perdas no processo de ensilagem. Deve-se utilizar bactérias produtoras de ácido Lático.  Importante que o inoculante seja incorporado em todo material, com um auxilio de um regador ou aspersor. Sempre utilize uma água de boa qualidade, que não seja clorada, mantenha-o fora do sol, armazenar o inoculante na geladeira e sempre usar a recomendação do fabricante.

É necessário verificar o nível de umidade que está ficando a silagem. Pode ser feita em uma frigideira. Basta pegar 100 gramas do material ensilado, colocar na frigideira e levar ao fogo baixo, sempre mexendo. Após ficar bem seco, deixe-o esfriar e pese novamente.

 

Por exemplo:

Material coletado: 100 g.

Material seco (após levar ao fogo): 65 g.

Matéria Seca (%) = (Material Seco/Material coletado) x 100

                               = (65g/100g)x100

Matéria Seca = 65%

Umidade = 100 – 65 = 35%

Na prática, se pegarmos o matéria ensilado na mão, fazendo uma bola, em punho fechado e não escorrer água é um indicativo de que está no caminho certo.

 O carregamento do silo deve ser feito em camadas inclinadas, diminuindo a área superficial da silagem em contato com o ar e sempre compactando para retirar o ar da massa. Deve-se encher o silo o mais rápido possível e vedar com lona dupla face imediatamente após a confecção da silagem.

Vantagens de Confeccionar a silagem de milho grão reidratado:

  • Forma de armazenamento do grão na fazenda, dispensando silo de terceiros ou galpões;
  • Permite a compra estratégica na época da safra;
  • Elimina perdas por ataque de pragas;
  • Pode ser programável;
  • Aumenta o valor energético;
  • Aumenta a digestibilidade do amido no rúmen;
  • Maior digestão ruminal do amido pode aumentar a síntese microbiana e a eficiência de utilização do nitrogênio;
  • Maior consumo de matéria orgânica digestível;
  • Melhor relação do leite produzido e o alimento consumido;
  • A substituição é de 1:1 (1 kg de milho moído seco equivale a 1 kg de silagem de milho reidratado)
  • Pode ser feito por pequenos produtores e em grades escalas;
  • Otimização de uso da mão de obra;

 

Foto: Arquivo do autor

Foto: Arquivo do autor

Foto: Arquivo do autor

 


Autor do artigo técnico


Ramon Lopes Salvatte

Zootecnista - Universidade Federal de Lavras

Atuação no Nordeste

 

 

Mais Vistas
Com votação inovadora, Odilon de Rezende é eleito presidente da GirolandoLivro “Mulheres do Agronegócio” retrata história de criadora catarinense de Senepol Com votação online, associados da Girolando elegerão nova diretoria na próxima quartaPequenos produtores de leite de Juiz de Fora (MG) têm apoio da Trouw Nutrition para aumentar sua produtividade!3 mil estudantes de 10 estados participam da Caravana 4.0, primeira etapa do movimento Ideas For Milk 2019, da Embrapa Gado de LeiteMinistra encerra visita ao Egito com abertura de mercado para produtos lácteos do BrasilQualidade do produto poderá determinar a sustentabilidade do setor leiteiro brasileiroTrouw Nutrition lança Dry Technology® para bovinos leiteiros na Agroleite 2019 Após 6 meses de altas consecutivas, preço médio do leite recua quase 8% em julhoExpointer 2019 sediará 7ª Mostra da Raça GirolandoChina abre mercado para lácteos brasileiros, anuncia Tereza CristinaIntegração dos sistemas da Girolando com software da Ideagri começa esse mêsFazendas de leite perdem 15% das bezerras com menos de um ano de vida por problemas sanitários e de manejoAssociação de Girolando volta a integrar a ASBIAPreço ao produtor se estabiliza em junhoMegaleite 2019 termina com faturamento de R$30 milhões e premiação dos melhores do Ranking 2018/2019Torneio Leiteiro da Megaleite termina com três recordesMegaleite 2019 é aberta na capital mineiraCompetições de animais começam na Megaleite 2019Megaleite 2019 já movimenta a capital mineiraEmpresa agropecuária brasileira recebe premiação mundial inéditaEleições Girolando: Odilon de Rezende é indicado para concorrer à Presidência da GirolandoMérito Girolando será entregue na Megaleite 2019Megaleite 2019 celebrará 30 anos da Exposição Nacional de GirolandoBrasil e China reafirmam cooperação para ampliar pauta de exportações do agronegócioPIB-AGRO/CEPEA: PIB DO AGRONEGÓCIO APRESENTA LEVE ALTA EM FEVEREIROTrouw Nutrition apoia o Clube de Bezerras de Carambeí e Arapoti (PR), que aproxima as crianças da pecuária leiteira, contribuindo para a sucessão das fazendas da região.Animais Girolando começam a chegar para ExpoZebu 2019.Inscrições para a Megaleite 2019 começaram na quinta-feira (04/04)Girolando e UCBVET Saúde Animal firmam parceria para 2019REHAGRO LANÇA CURSO DE PÓS GRADUAÇÃO EM PECUÁRIA DE LEITE EM ARACAJU/SEMinistra pretende criar política para o setor leiteiro. LEITE/CEPEA: PREÇO SOBE MAIS DE 10% EM FEV/19 E ATINGE RECORDE PARA O MÊSGirolando abre inscrições de animais para estreia na ExpoZebu.Circuito Megaleite 2018/2019 terá palestra na quarta-feira sobre o CONSELEITE MG!Redes de fast food: oportunidade para a cadeia do leite.Semex lança novo programa genômico para pecuária leiteiraComeça a 7ª Pré-Seleção de Girolando do Teste de ProgênieBrasil e Guatemala assinarão acordo para registro da raça GirolandoAssociação de Girolando firma convênios com Bolívia e EquadorPIB/AGRO - CEPEA: PIB volume deve crescer 1,7% em 2018, mas preço relativo cai 4,8% e pressiona rendaRaça Girolando estreará na ExpoZebu 2019Girolando participará de quatro exposições na América LatinaGirolando entrega a candidatos Termo de Compromisso para promover a exportação de derivados do leite#doarleitesemprefazbem - Campanha nacional de doação de leite ( Dia das crianças)Tabelamento do frete já paralisa agronegócio brasileiroLeite/CEPEA: Alta no preço ao produtor neste ano ultrapassa os 50%Mercado de Trabalho/CEPEA: Crescem empregos no agro com maior qualificaçãoExpointer 2018 terá encontro de criadores de Girolando e julgamento da raçaAgroleite 2018. A vitrine do leite no BrasilPanamá investe em raça leiteira do BrasilEstimativa da produção de grãos é de 228,6 milhões de toneladasLEITE/CEPEA: Preço sobe em Julho pelo 6° mês seguido e atinge recorde real para o períodoRenda de venda de leite captado na Megaleite 2018 é doada para centro educacionalDemanda aquecida de leite orgânico mobiliza produtoresCriadores devem ficar atentos a novas regras para seguros pecuários e de animaisPreço do leite sobe, mas futuro ainda é incerto para o setorAbertas inscrições para a 6ª Mostra Oficial de Girolando na Expointer 2018Megaleite 2018 movimenta R$ 25 milhões em negócios e bate vários recordesMERCADO DE TRABALHO/CEPEA: Remuneração no agro cresce mais que a da média brasileiraMegaleite 2018 é aberta oficialmente em Belo HorizonteBrasil acerta protocolo de exportação de material genético para o EquadorPrestes a ser inaugurada, Megaleite 2018 já deu início às competições de animaisMédico veterinário fala sobre combate e controle estratégico de carrapatos em bovinos de leite.Começam a chegar os animais inscritos na Megaleite 2018Governo atende pleito e adesão ao CAR é estendida para dezembroBelo Horizonte sedia mais uma edição da MegaleiteLEITE/CEPEA: Preço sobe pelo 4° mês consecutivo e acumula alta de 24% no ano.Greve dos caminhoneiros expõe dependência logística brasileiraLeite/CEPEA: Preços do UHT e muçarela sobem em sete diasGenética bovina brasileira mantém expansão internacionalSafra de grãos volta a nível histórico com produção de 232 milhões de toneladasSafra 17/18 já tem mais de R$ 100 bi contratadosCaptação dos maiores laticínios do Brasil cresce 5,6%Novo anunciante no portal Leiteonline.comProdução de 230 milhões de t de grãos é segundo recordeLEITE/CEPEA: Preços do UHT e muçarela sobem neste início de abrilPIB-Agro/CEPEA: PIB-volume do agronegócio cresce 7,6% em 2017, eleva PIB nacional e ajuda no controle da inflaçãoLEITE/CEPEA: Com menor oferta, preço ao produtor registra 2º mês de altaPesquisa da Embrapa mostra que pecuária brasileira emite menos metano que o estimadoMilho/CEPEA : Retração de compradores mantém quedasSetor de lácteos começa a registrar reaçãoPreços do UHT sobem 28,4% desde janeiroFeira do Panamá evidencia grande procura pela raça Girolando1º Leilão Amigos do Quitalé foi sucesso em comercializaçãoEm 2017, PIB cresce, mas agronegócio tem menos ocupadosGirolando anuncia apoio ao Manifesto Verde Amarelo – Funrural NãoBrasil deverá colher 226 milhões de toneladas de grãosGirolando confirma segunda edição da Exposição Interestadual em UberabaCódigo Florestal: STF bate o martelo e traz segurança ao agronegócio.Após 8 meses em queda, preço ao produtor sobe 3,8%.Produtores de leite cobram leis específicas para defesa do setor.Números do BC indicam fim da recessão: economia cresceu 1,04% em 2017.Produção de 225,6 milhões de toneladas de grãos é a segunda maior da história.LEITE/CEPEA: O que esperar para 2018? Produção brasileira de leite deverá voltar aos 35 bilhões de litros.
Ver Mais